Professor acusado de estuprar aluna do Anchieta tem prisão decretada

sábado, 10 de setembro de 2016

A Justiça decretou a prisão do professor do Anchieta acusado de estupro de vulnerável. De acordo com o Correio, Raul Rodrigues Guimarães Neto, de 29 anos, teria mantido relações sexuais com uma aluna de 13 anos – pela lei, relacionamento com menor de 14 anos é considerado estupro. Raul era professor de Geografia no colégio particular, na Pituba, e deixou a instituição em junho deste ano. Ainda segundo o Correio, os pais da aluna do 8º ano descobriram que os dois mantiveram encontros íntimos por oito meses em um apartamento alugado em um edifício do condomínio Pituba Ville, que fica ao lado do colégio. Ele supostamente alugou o imóvel para facilitar os encontros e não chamar a atenção dos pais da adolescente. O caso veio à tona no dia 2 de junho, quando Raul teria deixado o apartamento. A menina teria gritado no pátio que era apaixonada pelo docente. Quatro dias depois ele pediu demissão sem informar o motivo. O caso, contudo, só foi descoberto pela instituição dias depois. A menina foi transferida de escola e os pais deixaram o trabalho para cuidar da filha. O inquérito foi concluído no final de julho, mas o caso corre sob segredo de Justiça. Segundo o Correio, Raul ainda é procurado pela polícia e há a suspeita de que ele tenha fugido do país, já que é casado há dois anos com uma jornalista romena.
Informações do Correio 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP