Presidente das Filipinas se compara a Hitler ao dizer que quer matar milhões de viciados

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, comparou-se nesta sexta-feira (30) a Adolf Hitler ao declarar seu desejo de massacrar milhões de usuários de drogas em seu país. "Hitler massacrou 3 milhões de judeus. Agora há aqui 3 milhões de viciados em drogas. Eu gostaria de massacrá-los todos", disse na cidade de Davao. Duterte argumentou ainda, segundo o G1, que as vítimas de Hitler eram inocentes, enquanto seus alvos são "todos criminosos". Para ele, livrar-se dos usuários de drogas iria "acabar com o problema [das drogas] no meu país e salvar a próxima geração da perdição". Em discurso, o presidente ainda atacou Estados Unidos e União Europeia por críticas à sua campanha contra drogas, que já matou mais de 3.500 pessoas desde 30 de junho. "Estados Unidos e União Europeia, podem me chamar do que quiserem, mas eu nunca gostei da hipocrisia, como vocês gostam", disse ao se referir à crise dos refugiados. "Vocês fecham suas portas, é inverno e eles são imigrantes escapando do Oriente Médio. Permitem que apodreçam, mas estão preocupados com a morte de mil, 2 mil ou 3 mil pessoas?". BN 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP