Mulher é presa durante operação para evitar que drogas e armas entrem no conjunto penal

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Uma mulher foi presa durante uma operação da Polícia Civil, que vistoriou imóveis no entorno do presídio regional de Feira de Santana, com o objetivo de evitar que drogas e armas entrem no conjunto penal. Crislane Santos Santiago Lima foi pega na frente do presídio. Na sequencia da operação, realizada durante esta quinta-feira (15), os policiais foram até a casa dela, no bairro São João, onde foi encontrada a droga.

Outras duas mulheres foram flagradas com drogas dentro da bolsa em um bar em frente ao presídio, porém como foi em pequena quantidade, elas foram liberadas após serem ouvidas.

De acordo com o delegado João Rodrigo Uzzum, Crislane Santos Santiago vai ser autuada em flagrante delito por tráfico e associação ao tráfico de drogas. Ele informou ainda que ela é companheira de um detento conhecido como ‘Zói’, fazia visita íntima a ele e se dedicava ao tráfico de drogas do lado de fora. “Agora ela vai para o presídio, mas dessa vez na condição de presa”, disse.

Segundo o delegado, essa é uma ação, dentre um conjunto de ações que a polícia está realizando com o objetivo de diminuir o tráfico de entorpecentes no interior do presídio de Feira de Santana, além de acabar com a entrada de telefones celulares, que, segundo ele, fomentam a criminalidade em toda a cidade de Feira de Santana, determinando homicídios, prática de roubos, entre outros crimes.
“Nosso serviço de inteligência identificou pontos em frente ao presídio que tem o objetivo de dar apoio para que visitantes de internos possam introduzir entorpecentes e celulares nas partes íntimas para tentar o ingresso no estabelecimento prisional. Após o trabalho de inteligência, foram expedidos mandados de busca e apreensão e com a participação de diversas delegacias e também da Rondesp, conseguimos identificar três mulheres que estavam introduzindo entorpecentes”, informou.

João Rodrigo Uzzum destacou que a polícia vai dar prosseguimento as ações, visando diminuir o índice de crimes na cidade. “A grande porta de entrada de drogas e celulares nas unidades prisionais é por meio das visitas. Em razão disso que tem que ser implantado todo um sistema de raios X para identificar essas coisas. Esta quinta foi dia de visita, então foi o momento ideal para a prática dessa operação”, disse.

As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP