Vendedor de cigarros será indenizado em R$ 100 mil depois de sofrer 21 assaltos

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Um vendedor de cigarros do Paraná vai receber uma indenização de R$ 100 mil por danos morais depois de sofrer 21 assaltos, com uso de armas de fogo, durante o transporte de cigarros para a empresa Souza Cruz. A decisão é do Tribunal Superior do Trabalho (TST). 

De acordo com o trabalhador, o primeiro assalto aconteceu em 1976 e o último em 2008. Durante o processo ele detalha que durante o período houve pouca melhoria no transporte e que o veículo tinha cofre, mas apenas nos últimos anos passou a contar com um aparelho rastreador. 

A empresa foi condenada em primeiro grau a pagar R$ 150 mil de indenização, mas o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) reduziu o valor para dez mil reais. Porém, o vendedor recorreu ao Tribunal Superior, alegando que o valor determinado pelo TRT não repara os danos provocados pela quantidade de vezes que sua vida foi colocada em risco. O ministro João Oreste Dalazen entendeu que a redução foi desproporcional e, em decisão unânime, a Quarta Turma aumentou o valor da indenização para R$ 100 mil.

Procurada pelo site Extra, a Souza Cruz informou que vai recorrer da decisão e que investe na segurança e treinamento de seus colaboradores.
Correio 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP