Rio 2016: Esquema de segurança na Arena incluiu atiradores de elite do Bope

sábado, 13 de agosto de 2016

O esquema de segurança da Arena Fonte Nova para as partidas de futebol olímpico tiveram a participação de dois atiradores de elite do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope), sendo um sniper (atirador especial) e um spotter (observador). Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA), os dois atiradores atuaram durante as dez partidas de futebol sediadas em Salvador pelos Jogos Olímpicos Rio 2016. Eles acompanharam quaisquer movimentações atípicas e tem autorização para, sob ordem superior, atirar contra um possível agressor.

Na Arena, o sniper e o spotter estava equipado com um fuzil hk psg, calibre 762, que tem alcance de 600 metros com precisão e um telemetro (ferramenta semelhante a um binóculo), que informa a distância para o alvo. Outras duas duplas de atirador e observador foram posicionadas no Departamento de Polícia Técnica (DPT), na Avenida Centenário, e no Grupamento Aéreo da PM (Graer), no Aeroporto Internacional de Salvador. Semanalmente, esses profissionais realizam dois treinos de tiros de precisão e de caçador (militares que atiram enquanto se deslocam).

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP