O que você vai ser quando crescer? Já se decidiu?

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Não sei se você sabe, mas hoje, muitos alunos acabam desistindo do curso superior logo nos primeiros anos da universidade. Isso causa um problema muito sério no bolso da família e no sistema emocional dos pais e filhos. 

Talvez você conheça algum pai frustrado porque seu filho iniciou o curso superior e parou no meio do caminho ou até mesmo concluiu e só depois percebeu que não era aquilo que realmente queria. Isso gera um desconforto muito grande entre pais e filhos e muitas vezes o processo de retorno à universidade é inseguro e demorado. 

Tenho convivido diariamente com pessoas nesta situação, pais que se desdobram para colocarem seus filhos na universidade, até mesmo em outros estados e no meio do curso descobrem que não é aquilo que querem e desistem. Isso tem ocorrido com muita freqüência e a causa principal é que os jovens não têm uma orientação vocacional adequada, a maioria das escolas não oferece essa orientação e os pais muitas vezes não sabem como ajudar. A influência dos amigos, informações do mercado, a quantidade de cursos que aumentam a cada ano, são fatores que acabam interferindo no processo de decisão. 
Para aumentar as chances de uma escolha certa, é fundamental que o jovem tenha conhecimento das ferramentas e capacidades que já possui, de seus talentos, habilidades e competências no desenvolvimento de determinadas atividades e também tenha consciência de quais são os seus valores. A observância destes elementos no momento da escolha fará com que o futuro profissional atue numa área onde terá o trabalho alinhado ao seu propósito de vida e ficará fora das estatísticas que apontam que mais de 70% dos trabalhadores atualmente estão descontentes com a atividade que exercem.
Outro ponto de extrema relevância, mas que infelizmente é negligenciado pela maioria dos jovens é a etapa das pesquisas. Antes de iniciar uma faculdade é importante que o aluno pesquise sobre o funcionamento da instituição de ensino onde pretende estudar, tenha conhecimento da grade curricular do curso de interesse e conheça de perto a rotina de um profissional em atividade. Colher informações sobre o ambiente de trabalho, a rotina diária, retorno financeiro e social, vai ajudar o estudante a validar suas idéias e pensamentos sobre determinada profissão.

Em minhas palestras de orientação vocacional e atendimento de coaching sempre pergunto se alguém já decidiu que curso vai fazer. Aos que se manifestam positivamente, questiono se já fizeram uma pesquisa aprofundada sobre a profissão e se conversaram com um profissional da área. A resposta é sempre não.

Fazer a escolha certa e bem alicerçada é tão importante quanto passar no vestibular porque direciona o jovem à vida profissional com muito mais segurança. Além disso, evita o desperdício de tempo e de dinheiro com o ingresso em cursos que não tem nada a ver com o seu perfil e que mais cedo ou mais tarde a desistência é inevitável. Ou passará uma vida frustrada no trabalho, exercendo uma atividade indesejada.
Rota 324 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP