Mulher pôs cabeça do filho em guarda-roupa e corpo em panela de pressão em Porto Seguro

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Renata Cerqueira, de 20 anos, que confessou ter matado o filho de três meses em Porto Seguro, costa do Descobrimento, manteve-se calada durante sua apresentação pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (23). "Ela falou que pegou a criança pelas pernas, enfiou a cabeça no vaso sanitário e a afogou. Depois cortou o corpo do bebê três partes. A cabeça foi enrolada e colocada em cima do guarda-­roupa. O corpo foi posto dentro de uma panela de pressão, que ela guardou no armário”, contou o delegado Delmar Bittencourt. De acordo com o site Radar 64, Bittencourt ainda acrescentou que a mulher cometeu o crime sozinha. A polícia trabalha com a suspeita de que Renata tenha cometido o crime como uma forma de se vingar do pai da criança, que se separou dela logo no começo da gravidez. "Ele insistia em retomar o relacionamento, mas ela não aceitava. Isso foi atormentando ela, até que no sábado resolveu matar a criança", conclui. Renata foi autuada em flagrante por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e falsa consumição de crime. Ela segue presa na delegacia de Eunápolis.
Com informações do Radar 64.

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP