Jovem que acusa Feliciano de abuso é indiciada por extorsão

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

19/08/16- O delegado titular do 3º Distrito Policial, Luiz Roberto Hellmeister, indiciou formalmente nesta quinta-feira a jornalista Patrícia Lelis, de 22 anos, por suspeita de denunciação caluniosa e extorsão. Segundo o delegado, a jovem mentiu em depoimento ao dizer que foi ameaçada e mantida em cárcere privado pelo assessor parlamentar do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), Talma Bauer, que foi exonerado do cargo após o envolvimento no caso. Hellmeister afirmou ao site de VEJA que ao final do inquérito pedirá a prisão preventiva de Patrícia.

O inquérito conduzido pelo 3º DP apura somente as denúncias feitas por Patrícia contra o assessor parlamentar, que é investigador de polícia aposentado. No dia 5 de agosto, ele chegou a ser preso, mas logo foi liberado.

Outro inquérito instaurado em Brasília apura a denúncia de Patrícia de que o deputado Marco Feliciano tentou estuprá-la e a agrediu em seu apartamento funcional no dia 15 de junho. Segundo o depoimento da jovem, que foi refutado pela polícia de São Paulo, Talma teria lhe forçado a desmentir as acusações contra o parlamentar, o que foi feito em vídeos divulgados nas redes sociais.

MSN

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP