Grávida de 14 anos morre queimada pela família do marido no Afeganistão

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Um criança de 14 anos que estava grávida morreu queimada em Cabul, no Afeganistão. A história chocou internautas, especialmente porque foi a família de seu marido a responsável por atear fogo no corpo de Zarah Azam.

Segundo as autoridades, Zarah teria sido torturada e morta como vingança por um acordo de casamento que não deu certo. De acordo com o G1, os chamados "crimes de honra" são frequentes no país.

O pai de Zarah, Mohammad Azam, disse que sua filha foi morta em uma área remota da província central de Ghor. Ela chegou a ficar internada, mas não sobreviveu aos ferimentos.

O crime ocorreu na semana passada, mas a menina só foi enterrada nesta quarta-feira (10). Durante o enterro, os familiares de Zarah choraram bastante.
Informações do G1 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP