Equipes do Bope e da Polícia de Choque fazem varredura na Arena Fonte Nova para rodada olímpica

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Equipes dos batalhões de Operações Policiais Especiais (Bope) e de Choque realizaram varreduras na manhã desta terça-feira (9) no longe e nos vestiários da Arena Fonte Nova, que serão utilizados pelas seleções femininas de futebol olímpico da França - Nova Zelândia, Austrália e Zimbábue. Armários, banheiros, aparelhos de hidromassagem, todas as salas e móveis que compõem os quatro vestiários foram analisadas minuciosamente. A atividade durou cerca de uma hora.

Na ação, foram utilizados quatro cães, três machos e uma fêmea, das raças pastor alemão e pastor-belga malinois, além de equipamentos para análise visual do ambiente. Cerca de dez militares participaram da vistoria.

“Nosso trabalho começou no dia 1º de agosto com a varredura total do estádio e entrega para uma empresa de segurança privada, ligada à organização do evento. Após essa fase, passamos a fazer vistorias nos vestiários e locais que abrigarão a família olímpica quatro horas antes de cada partida”, contou o coordenador da varredura, o capitão do Bope, Érico Carvalho.

O oficial acrescentou que, depois da validação, os locais são fechados e as chaves entregues a integrantes do comitê olímpico. Participaram da ação também fuzileiros navais, que usaram detectores químicos e radiológicos e componentes da Comissão Nacional de Energia Nuclear.
Acorda Cidade 

Postar um comentário

  © AUGUSTO URGENTE DE OLHO AN NOTÍCIA! by Augusto jacobina 2013/2014 - Contatos: (74) 9125-2490 / 8107-1105 / 9935-8985 / / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP