Boxeador solto após acusação de estupro perde a luta e está fora da competição

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

O boxeador da Namíbia Jonas Junius, 22 anos, suspeito de tentar estuprar uma camareira na Vila dos Atletas, no início da semana, foi solto, nesta quinta-feira, após decisão do plantão Judiciário do Tribunal de Justiça do Rio. Menos de 24 horas depois de deixar o Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste, o atleta estreou na Olimpíada, perdeu para o francês Hassam Amzilee já foi eliminado na categoria até 64 kg. O lutador namíbio foi preso no domingo (7). No dia seguinte, a juíza Rose Marie Pimentel Martins, do Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos do Tribunal de Justiça do Rio, converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva.

Outro caso

Na sexta-feira passada, outro atleta da Rio 2016, o marroquino Hassan Saada, também foi preso acusado de assediar sexualmente uma camareira na Vila Olímpica. Saada foi solto nesta quarta-feira por determinação do Superior Tribunal de Justiça. *Com informações da Agência Brasil e do Estadão Conteúdo

Postar um comentário

  © Augusto Urgente De olho na Notícia! by Augusto Jacobina 2013/2017 - Contato: (74) 9125-2490 / E-mail: cidadedoouro@globomail.com

Back to TOP